posts com a tag: Matthieu Ricard


O eremita

Trechos budistas |

Matthieu Ricard (França, 1946 ~): A vocação do eremita com frequência é mal compreendida. O eremita não se retira do mundo por se sentir rejeitado, por não achar nada melhor para fazer do que vagar nas montanhas, ou por ser incapaz de assumir suas responsabilidades. Ele decide partir — uma decisão que pode parecer extrema […]


Cristalização do ego

Trechos budistas |

matthieu-ricard

Matthieu Ricard (França, 1946 ~): O ego, escreve o filósofo budista Han de Wit, “é também uma reação afetiva ao nosso campo de experiência, um movimento mental de recuo baseado no medo”. Por medo do mundo e dos outros, por receio de sofrer, por angústia sobre o viver e o morrer, imaginamos que ao nos […]


Projeções que nos distanciam da realidade

Trechos budistas |

Matthieu Ricard (França, 1946 ~): Se uma coisa fosse verdadeiramente bela e agradável, se essas qualidades de fato pertencessem a ela, nós a veríamos como desejável em todos os momentos e lugares. Mas existe algo neste mundo que seja considerado belo por todos? Como diz o verso budista: “Para aquele que ama, a bela mulher […]


Mal-entendido sobre a natureza da realidade

Trechos budistas |

Matthieu Ricard (França, 1946 ~): Mudar o modo de ver o mundo não é ter um otimismo ingênuo ou uma euforia artificial com intenção de contrabalançar a adversidade. Enquanto formos escravos da insatisfação e da frustração que surgem da desordem que domina a nossa mente, será tão inútil dizer a si mesmo “Sou feliz! Sou […]


Confundir prazer com felicidade

Trechos budistas |

Matthieu_Ricard

Matthieu Ricard (França, 1946 ~): O erro mais comum é confundir o prazer com a felicidade. O prazer, diz um provérbio hindu, “é somente a sombra da felicidade”. É o resultado direto dos estímulos prazerosos no âmbito sensual, estético ou intelectual. A fugaz experiência do prazer depende de circunstâncias, de um lugar específico ou de […]


A ignorância de não ver o que é

Trechos budistas |

Chögyam Trungpa Rinpoche

Chogyam Trungpa (Tibete, 1939 – Canadá, 1987): Ao falarmos de ignorância, não nos referimos à estupidez. Num certo sentido, a ignorância é muito inteligente, mas essa inteligência trabalha numa única direção. Ou seja, ela reage apenas às suas próprias projeções, em vez de ver o que é, o que está lá. citado por Matthieu Ricard, […]


Viver intensamente

Trechos budistas |

Matthieu Ricard (França, 1946 ~): “Viver intensamente” tornou-se o leitmotiv do homem moderno. Trata-se de uma hiperatividade compulsiva sem qualquer pausa, sem brecha de tempo não-agendado, por medo de se encontrar consigo mesmo. Pouco importa o significado da experiência, desde que ela seja intensa. Vêm daí o gosto e a fascinação pela violência, a exploração, […]


Prazer e felicidade

Trechos budistas |

Matthieu Ricard (França, 1946 ~): Apesar de ser intrinsecamente diferente da felicidade, o prazer não é inimigo dela. Tudo depende da maneira como é vivido. Se o prazer está contaminado com um forte desejo e impede a liberdade interior, dando origem à avidez e dependência, é um obstáculo à felicidade. Por outro lado, se é […]


Perspectiva de mudança

Trechos budistas |

Matthieu Ricard (França, 1946 ~): Muitas receitas para a felicidade insistem que, por natureza, somos uma mistura de luz e sombra, portanto devemos aprender a aceitar os nossos erros e as nossas qualidades positivas. Elas afirmam que podemos resolver a maior parte dos nossos conflitos interiores e viver cada dia com confiança e bem-estar se […]


Desembaraçar-se do insatisfatório

Trechos budistas |

Matthieu Ricard (França, 1946 ~): […] A renúncia, pelo menos se considerarmos como os budistas usam esse termo, é um conceito muito mal interpretado. Não se trata de abrir mão daquilo que é bom e belo. Como isso seria tolo! Trata-se de desembaraçar-se daquilo que é insatisfatório e mover-se com determinação em direção ao que […]


Um bálsamo na queimadura do desejo

Trechos budistas |

O desejo é principalmente um impulso. Você pode desejar salvar o planeta ou libertar todos os seres sencientes do sofrimento. Mas quando os desejos se entrelaçam com anseio e apegos intensos, nossa experiência demonstra que eles conduzem ao sofrimento. O desejo geralmente começa com uma imagem. Se a imagem é sedutora e promete prazer, ela […]


Objetivo dos ensinamentos sobre karma

Trechos budistas |

Em cada ponto de nossas vidas, estamos em um cruzamento. Somos o fruto de nosso passado e os arquitetos de nosso futuro. Quando perguntamos “por que isso aconteceu comigo?”, isso se deve à nossa visão limitada. Se atiramos uma pedra para o alto e esquecemos, quando ela cair em nossa cabeça, não deveríamos reclamar, embora […]