posts com a tag: sofrimento


Raiva e desejo

Trechos budistas |

Tenzin Palmo (Inglaterra, 1943 ~): As pessoas estão sempre me perguntando como abandonar a raiva, mas ninguém ainda me perguntou como abandonar o desejo. “Cave in the Snow”, loc. 1002


Encare o sofrimento como um professor

Trechos budistas |

Yongey Mingyur Rinpoche (Nepal, 20 de novembro de 1975 ~ ): É devido à dor e o sofrimento que desejamos praticar em primeiro lugar. E é devido à dor e o sofrimento que chegamos à iluminação. Encare o sofrimento como um professor e como uma inspiração. (Newsletter Tricycle), 2012-06-28


Mal-entendido sobre a natureza da realidade

Trechos budistas |

Matthieu Ricard (França, 1946 ~): Mudar o modo de ver o mundo não é ter um otimismo ingênuo ou uma euforia artificial com intenção de contrabalançar a adversidade. Enquanto formos escravos da insatisfação e da frustração que surgem da desordem que domina a nossa mente, será tão inútil dizer a si mesmo “Sou feliz! Sou […]


Colaborar de modo não-egoísta

Trechos budistas |

ringu-tulku

Ringu Tulku (Tibete, 1952 ~): Nós somos a fonte de cura e felicidade. Nossa generosidade e preocupação pacificam cada situação negativa. Ao enviarmos bondade, vamos nos acostumando a ser fortes e gentis. Desse modo, nossos sentimentos positivos são constantemente renovados e jamais poderão se esgotar. Talvez vocês conheçam a história sobre o homem que chegou […]


Sabedoria penetrante

Trechos budistas |

502cr-e1331296055310

Sem uma consciência aguda de nosso sofrimento pessoal e uma determinação profunda no coração para se livrar completamente tanto desse sofrimento quanto de suas causas, não há maneira de começar a jornada espiritual verdadeiramente. Pois assim como as visões repentinas e inesperadas do príncipe Sidarta sobre velhice, doença e morte o chocaram para fora do […]


Aflições inimigas

Trechos budistas |

Kunzang Pelden (Tibete, 1872-1943): Raiva, luxúria, essas inimigas, Não têm membros nem qualidades, Não têm bravura, nem inteligência. Como então foram me reduzir a tal escravidão? Elas residem em minha mente E me machucam à vontade. Tudo isso eu sofro submisso; Assim, minha paciência é desprezível, estando num lugar completamente errado. (“O Caminho do Bodisatva” […]


Sobre a ganância

Trechos budistas |

Dalai Lama (Tibete, 6 de julho de 1935 ~): A ganância é uma forma de desejo. Contudo, é um tipo exagerado de desejo, baseado em uma expectativa exagerada. O verdadeiro antídoto para a ganância é o contentamento. Para um praticante budista, um praticante do Dharma, muitas práticas podem atuar como uma forma de força contrária […]


Aflição-raiz

Trechos budistas |

17º Karmapa (Tibete, 1985 ~): A prática do Dharma é pacificar as aflições e conceitos que preenchem nossas mentes. Quando unimos os ensinamentos com nossas mentes, o poder do Dharma pode agir e pacificar aflições e conceitos. Se, externamente, parecemos praticantes do Dharma mas, por dentro, nossa prática não reduziu nossas aflições e conceitos, apenas […]


Emoções destrutivas

Trechos budistas |

Dalai Lama (Tibete, 6 de julho de 1935 ~): A possibilidade de distinguir entre emoções construtivas e destrutivas está bem ali para ser observada no momento em que uma emoção destrutiva surge — a calma, tranquilidade e equilíbrio da mente são imediatamente interrompidas. Outras emoções não destroem o equilíbrio ou o senso de bem-estar assim […]


Conflitos sem raiva

Trechos budistas |

Chagdud Tulku Rinpoche (Tibete, 1930 – Brasil, 2002): Pode parecer que obtemos mais energia da raiva do que da paciência. De fato, podemos nos viciar nessa energia, mas ela não dura. Se deixar levar pela energia da raiva é como tomar um drink para se acalmar; como você não chega realmente à origem da ansiedade, […]


Primeira Nobre Verdade

Trechos budistas |

A primeira das Quatro Nobres Verdades é conhecida como a Verdade do Sofrimento. […] À primeira vista, pode parecer bem depressivo. Ao ouvir ou ler sobre isso muitas pessoas acabam desconsiderando o budismo como algo indevidamente pessimista. “Ah, esses budistas estão sempre reclamando que a vida é miserável. A única maneira de ser feliz é […]


Reconhecer a vacuidade dos pensamentos

Trechos budistas |

A mente ordinária é caprichosa como um macaco incansável: instantaneamente feliz quando damos a ele um pouco de comida e repentinamente furioso no momento em que o ameaçamos com uma vara. A todo instante a mente se move para algo novo. Em um momento podemos pensar no guru com grande devoção, no próximo estamos ansiando […]