A barreira que nos separa






Em declarações de Eckhart, Deus é igual a nada. E, em certo sentido, a equação é exata, pois Deus não é certamente uma coisa. Na frase usada por Scotus Erigena, Deus não é um “que”, Ele é Aquilo. Em outras palavras, a Base pode ser constatada como estando “lá”, mas não definida por suas qualidades. Isto significa que o conhecimento discursivo “acerca” da Base não é apenas, como o conhecimento inferencial, uma coisa que se renova, ou que se insista em remover da realidade do conhecimento imediato; é, e tem de ser, devido aos nossos padrões de pensamento, à nossa linguagem, um conhecimento paradoxal. O conhecimento direto da Base não pode ser obtido a não ser pela união, e a união pode ser conseguida somente pela aniquilação do ego, que é a barreira que separa o “tu” do “Aquilo”.

Aldous Huxley, em “Filosofia Perene”.
Leia mais sobre o assunto nesse texto.


comentários