Prática e iluminação






Podemos demonstrar que a experiência da prática constante influencia a qualidade de nossas vidas, mas a natureza essencial da motivação rumo à iluminação é a própria iluminação. O próprio fato de que somos instigados pela busca espiritual deriva da fonte de Luz, por assim dizer. Consequentemente, a iluminação não é um fim. É mais verdadeiro dizer que ela é o início.

David A. Cooper, em “Silence, Simplicity, and Solitude”.
Tricycle’s Daily Dharma, 10 de novembro, 2007.


comentários