Últimas instruções de Longchenpa






Longchenpa (séc. XIV), um dos maiores mestres espirituais de todo o Tibete
Longchenpa (séc. XIV), um dos maiores mestres espirituais de todo o Tibete

O grande mestre Longchenpa, quando estava prestes a entrar no estado dharmakaya, disse aos discípulos:

“O samsara não tem nenhuma essência sólida. Agora vou deixar este corpo mágico e impermanente. Escutem atentamente minhas instruções. Seres sencientes são viajantes atados a um único destino. Alguns já chegaram. Alguns estão chegando neste exato momento. Outros irão chegar no futuro. Reconheçam este fato. A experiência da vida é como o dia, a experiência após a vida é como o sonho da noite. O sonho pós-morte de hoje à noite está se aproximando rapidamente. Familiarize-se com a natureza verdadeira da sua mente neste instante!”

Longchenpa continuou:

“Toda reunião termina em dispersão. Não vou ficar. Vou agora para a terra da liberação. A hora deste viajante chegou; ele vai pegar a estrada. Minha alegria em partir é maior que a do mercador que obteve no oceano a jóia que realiza desejos, maior que a de Indra derrotando os asuras em combate, maior ainda que a experiência de meditação profunda. Eu, Padma Ledreltsal, não vou ficar. Vou para a fortaleza da imortalidade, a grande bem-aventurança.”

Khenpo Tsewang Dongyal (Tibete, 1950 ~)
na introdução de “Light of Fearless Indestructible Wisdom”


comentários