Abandone toda expectativa






Abandone todas as expectativas de recompensa.
[Ratnaguru, Tibete, séc. XII]

Se, por se engajar nesta prática, as expectativas a seguir surgirem em você — não ser prejudicado por humanos ou não-humanos, ser famoso, ser respeitado por seus mestres e alunos, ter muita comida, roupas e tudo mais, receber prêmios por ajudar os outros, ser conhecido como um autêntico praticante espiritual, e até mesmo alcançar o estado búdico — contemple o que disse o sagrado Maitreya:

— Pelos iluminados e tudo mais, a pessoa ainda tem apegos sutis.*

Se você falhar em se treinar incondicionalmente, livre de quaisquer expectativas sobre esta vida e tudo que vier, então um lado da sua prática espiritual ficou cego. Por isso, é crucial treinar sem qualquer esperança de recompensa.

Se você abriga expectativas para esta vida, seu treino nem chega a ser uma prática espiritual; guardar expectativas em relação a vidas futuras impossibilita a prática dos bodisatvas. Mesmo se a aspiração pelo estado búdico for para o seu próprio benefício, seu treino será a causa apenas para o estado auto-realizado [pratyekabuddha**].

Sangye Gompa (Tibete, ano 1179 – 1250)
“Explicação pública sobre o treinamento da mente”
“Mind Training”

* o ponto aqui é que mesmo uma pessoa de grande realização espiritual ainda guarda algum tipo de apego [nota do tradutor Thubten Jinpa]

** a iluminação de um pratyekabuddha é considerada incompleta


comentários