Grandiosa e imensurável luz






Quando o bodisatva* chegou através do ventre de sua mãe, uma grandiosa e imensurável luz ultrapassando o esplendor dos deuses apareceu no mundo com suas deidades, seus Maras e suas divindades Brahma, nesta era com seus monges e brâmanes, seus príncipes e homens.

E mesmo nos espaços intermediários abismais de vazio, escuridão e treva total — onde até o sol e a lua, todo-poderosos como são, não podem fazer sua luz prevalecer — ali também uma grandiosa e imensurável luz ultrapassando o esplendor dos deuses apareceu. E as criaturas nascidas lá percebiam umas às outras através dessa luz […].

E este sistema de mundo elevado à potência dez mil balançou e tremeu, e aqui também uma grandiosa e imensurável luz ultrapassando o esplendor dos deuses apareceu.

Majjhima-nikaya 123
“Life of The Buddha – According to the Pali Canon”

* referência a Buda, antes da iluminação

Feliz lua de Vesak a todos!


comentários