Motivo de adquirir coisas






Kangyur Rinpoche

Kangyur Rinpoche (Tibete, 1898 – Índia, 1975):

De todos os bens da prosperidade, o contentamento é supremo,
Disse aquele que ensinou e guiou deuses e homens.
Então esteja sempre contente; se você sabe isso
E não tem bens, a verdadeira riqueza encontrou.
Nagarjuna (Índia, séc. II), “Carta a um amigo”

De todas as coisas valiosas que existem, como ouro e prata, exatamente a maior riqueza é estar contente e ter pouco desejo por tais coisas, como o mestre dos deuses e humanos, o Buda Bhagavan, declarou no “Sutra requisitado por Surata”:

Para aqueles que são sempre generosos
Embora não tenham um único punhado de comida,
A maior riqueza na terra é verdadeiramente deles,
Assim foi ensinado por aqueles de visão perfeita.

Então, em todas as circunstâncias, esteja contente. Quando você vivencia o contentamento, mesmo se não possui um pouco de ouro ou outras coisas valiosas, será rico de verdade, porque, uma vez contente, você chegou exatamente ao motivo de se adquirir coisas.

“Letter to a Friend”, v.34


comentários