Reconhecer o potencial inerente da mente






Mingyur Rinpoche

Mingyur Rinpoche

Yongey Mingyur Rinpoche (Nepal, 1975 ~ ):

[…] A essência da prática budista não é tanto um esforço para mudar seus pensamentos ou comportamento para que possa se tornar uma pessoa melhor, mas sim em realizar que não importa o que você pense sobre as circunstâncias que definem sua vida, você já está bem, inteiro e completo.

Trata-se de reconhecer o potencial inerente de sua mente. Em outras palavras, o budismo não se preocupa muito com sentir-se bem, mas em reconhecer que você é — bem aqui e agora — tão completo, tão bom, que está tão essencialmente bem quanto jamais poderia ter a esperança de estar.

Você não acredita nisso, não?

É, por muito tempo, eu também não.

[…]

“Joy of Living”, loc. 222


comentários